Aquilo que não queres deixar de ler...

Morte, escola para a vida!

Estamos em véspera de mais um dia de finados, dia da comemoração de todos fiéis defuntos, dia em que a Igreja coloca como aquele em ...

sexta-feira, julho 17, 2015

...Palavras de um amante incompreendido!

Tinha muito pra te dizer
palavras, poemas e afins…
Mas não deixam acontecer,
porque tem isto de ser assim?

Minha encantada menina
boa tarde como vais
mostra-me teu ar de graça
não faças caso de teus pais!

Trago em mim mil pensamentos,
onde só nos dois podemos caber
Mas teu pai anda astuto e atento
a tudo o que faço somente pra te ver…

Cada vez que contigo me cruzo
é um sol que abrasa meu dia,
tenho sorte, por isso tantas vezes abuso
muito além do que o teu pai desejaria…

Já levei uma ou outra tarei
de teus estimados irmãos.
Uma vez pedi para me darem só meia
pensando que tomariam a razão
mas deram-me um enxerto de porrada
fiquei mais espremido que um limão!

Gostava de ser seu amigo
bem sabes disso minha querida…
Mas caiem-se de veras comigo
ficou-me o corpo em chaga e ferida!

Indecentes e malfeitores
de todos os nomes lhe chamei…
Não esqueço já mais as dores
das porradas que por ti levei!

Intolerantes irmãos os teus,
não consente nosso amor
resta-me rogar somente a Deus
pra que acalme minha dor!

Tua mãe coitadinha
ainda lhe fui lá falar
ela foi até  meiguinha
mas não à consegui voltar.

Já tinha até pensado
no dia do nosso casamento,
mas foi me tudo trocado
estou pra aqui num sofrimento!

Parecia-me tudo a jeito,
até tinha já fatiota
sapatos e chapéu preto
diz lá se não ia janota!

Mas teu pai assim não quis
e teus irmãos não colaboraram
partiram-me até o nariz
com os murros que me aventaram…

Pede a Deus e a santinha  
para depressa nos casar…
Desgraçada sorte a minha,
ter nascido para te amar.
Preferem ver-te sozinha
num pranto a soluçar,
do que seres tu minha rainha
quando tenho tanto pra te dar.


Telmo Ferreirinho Seco

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...