Aquilo que não queres deixar de ler...

...Um oásis que é a nossa vida!

A nossa vida não é se não um oásis, num deserto obscurecido pela emergência do querer viver muito além do aqui e agora ! As nossas vidas ...

sábado, fevereiro 11, 2017

Ser não basta somente ser, é preciso saber verdadeiramente ser!

O tempo anda chuvoso, frio e instável. Nada de anormal a época de inverno que estamos a viver!
Tal como este tempo, estão também grande parte das nossas vidas! Inconstantes, frias e instáveis por um tempo que anda chuvoso.  O homem no hoje é confrontado constantemente pela incerteza, a incerteza de ser, e a certeza da incerteza do saber verdadeiramente ser!
Escreveu Frei Maria Rafael que “tudo passa…, o homem envelhece, e por fim, morre. Eis a única verdade”, e esta é verdadeiramente a verdade mais inquestionável de um ser! E sobre esta verdade deveremos pois nos questionar e debruçar a cada dia. Direi mesmo, sobre esta deveria assentar o nosso quotidiano.
Deveria partir desta verdade a construção daquilo que somos, daquilo que é o nosso ser, é desta que é emergente embeber o espirito que construirá e tornará solido o nosso ser. Porque vivemos num tempo instável, vivemos um tempo de supérfluo, um tempo cheio de tudo e de nadas, onde banalizamos a essência do nosso ser, descredibilizando a responsabilidade salutar que temos em não ser somente, mas antes saber ser!
Se dos nadas que constroem as nossas vidas, se dos nadas que tornamos a essência das mesmas, dessemos lugar a verdadeira essência do ser, como belo se tornaria a vivencia do nosso dia a dia!?
Se tomássemos em nós a preocupação de saber ser, e não somente ser! Quantas vezes já paramos para pensar sobre isto? São questões tão simples, mas tão assustadoras! Assustadoras porque saber verdadeiramente ser, exige esforço, mudanças e querer verdadeiramente, e isto custa, sim custa imenso. E nós não estamos predispostos a tudo isso. E porque? Porque afinal de contas e muito mais fácil somente ser, que saber verdadeiramente ser!
Mas é importante sabermos reconhecer que em tudo na nossa vida facilmente dizemos que queremos ser, (ai eu quer ser!... ei eu sou!...) mas e quantas vezes sabemos ir além do querer ser!?

Telmo Ferreirinho Seco


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...